Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A Lua

Terça-feira, 27.02.07

 

A lua aparece no céu

devagarinho

para espreitar

os amantes que enlaçados

fazem juras de amor

Ela é testemunha

de juramentos enamorados

de beijos com travo a dor

e tão repletos de amor

A Lua espreita interessada

os amantes que abençoa

com a sua luz prateada

que seu namorado o Sol

não cansa de lhe emprestar

e a lua enamorada

pela calada da noite

os amantes vem espreitar

E nas noites de inverno

quando o orvalho molha

as faces dos namorados

as gotas que caem sobre eles

é a lua a lembrar

o seu namorado ausente

Que nunca com ela se encontra

ao ver amantes apaixonados

seus olhos soltam as lágrimas

do seu amor tão doloroso

Não é orvalho que molha

os rostos dos namorados

nas noites ternas de luar

é a tristeza da lua

é a lua a chorar

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 12:14


1 comentário

De Milú a 28.02.2007 às 01:03

Para mim quando abro teu blog e o leio nunca me chega dizer que está bonito ou lindo... por isso acabo por me alongar sempre um pouco expressando a minha gratidão e o meu encanto por tudo aquilo que exprimes nas imagens, na escrita e nas belas músicas com que nos presenteias. Escreves pela beleza de sentir na escrita as palavras que te vão na alma e penso que é isso que me atrai. Digamos que me emprestas o que sentes... rsrsrs. Adoro os teus textos que considero de prosa poética, brilhantemente conseguidos. A adjectivação é de uma expressividade significativa. Não tenho encontrado paralelo. Consegues descrições muito bonitas que leio sempre com enorme prazer. Obrigada e parabéns.

Beijinhos doces

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds