Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Jardim Proibido

Quinta-feira, 01.03.07

Jardim proibido

é o teu corpo

com caminhos secretos

lugares ocultos

de desejo

de loucura

jardim proibido

que só abres a quem queres

Jardim de sentidos

onde as flores são carne

o aroma

o da tua pele

e a cor

é a que a minha imaginação

pinta

ao correr dos meus dedos

por essas curvas

onde me perco

Jardim proibido

que abres para mim

nas tardes quentes

onde o desejo impera

Jardim proibido

que trazes guardado

me mostras

e me tiras

ao sabor do teu desejo

do teu capricho

da tua vontade

Jardim proibido

em que cada beijo

em que cada toque

que já trocamos

fica na alma

com aquele travo doce

terno e suave

chamado saudade

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:27


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds