Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



quando os corpos se unem

Domingo, 11.03.07

Quando os corpos se unem

nasce uma melodia de sentidos

tão conhecida de quem ama

um momento que se eterniza

em muitos momentos vividos

suspiros que falam de amor

onde até pode haver dor

e a emoção fala mais alto

dois corpos, entregues

amantes

para toda a vida

por breves instantes

que interessa o tempo que dura

é eterno o amor

no sorriso

no momento em que os corpos

se entregam

na paixão de um momento

louco

corações apressados

sentidos alterados

em que tudo que se dá é pouco

para a vontade que se tem

Que importa que dure para sempre

que dure uma hora

ou apenas o tempo de uma entrega

importa que seja amor

porque quem sabe amar

eterniza um minuto

na magia de um olhar

Que importa o quanto dura

vamos viver a loucura

o toque

a sensualidade

e um só momento apenas

ira ter a duração

da verdadeira eternidade

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 18:57


1 comentário

De Vqlquiria a 12.03.2007 às 13:25

Que texto magico de sensualidade a flôr da pele de um momento que se eterniza no toque das almas.
Beijos

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes