Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



As Minhas Descobertas

Terça-feira, 20.01.15

10431493_936896106350753_2899957451534461032_n.png

Um dia destes descobri que me tornei um mais profundo conhecedor da vida e muitas das minhas verdades caíram pelo pé. Conhecem aquele chavão de que um grande amor se esquece com outro grande amor? É mentira . Sair por ai amando alguém para esquecer um outro amor , apenas vai aumentar o amor que se quer preterir . 

Com o tempo aprendi que aquela velha etiqueta de "caçador" colada no homem não podia ser mais falsa. As mulheres sim é que são caçadoras e fazem qualquer homem sofrer.

Um dia aprendi que amar alguém está muito para lá do nosso controle.

Aprendi a não ligar a palavras de amor e nem a juras inflamadas , descobri que as provas de amor que me convencem são aquelas mais simples , em que ninguém repara.

Descobri que as coisas "mais ou menos" não me prendem a atenção .

Com a minha própria experiencia aprendi que ser catalogado de "bonzinho" nunca é bom , porque toda a gente vai ficar achando que tem direito a cobrar bondade , compreensão e gentileza a todas as horas . E às vezes não há gentileza que aguente.

Percebi ao longo do meu aprendizado nesta vida , que o sentimento que se nutre por alguém , nunca é proporcional às vezes que procuramos essa pessoa ou somos procurados por ela. Regra geral quem menos nos procura é quem mais sente algo sincero e mais se lembra de nós.

De uma forma dura a vida ensinou-me a compreender a frase-: " Tornas-te responsável por tudo aquilo que cativaste ...".

Percebi que muitas vezes temos pessoas na nossa vida que são muito importantes para nós , que esperamos delas , e regra geral essas pessoas não dão o verdadeiro valor a isso.

Aprendi que o tempo nos absorve , que a vida nos enleia , enrola e afasta das pessoas que são importantes na nossa vida , porque as temos como um dado adquirido , até que um dia , buscamos essa pessoa e é tarde demais.

Espacialmente eu que estive tão perto da morte , hoje sei como a vida é importante , como cada minuto desperdiçado não volta mais , e sei que a vida será sempre curta para realizar todos os sonhos que ainda tenho e talvez até para terminar todos os projectos que hoje conduzo.

Talvez eu não tenha tempo sequer para dizer tudo o que devia ter sido dito e não foi.

Então só me restam duas opções , ou voo para o meu habitual patamar acima da loucura e aceito que há coisas que terei que aprender a dispensar , ou então terei que lutar continuamente até realizar todas as minhas pequenas loucuras e desejos.

E sobretudo aprendi que quem não compreende o que uma simples palavra quer dizer , quem não sabe ler nos gestos , nos sorrisos , também não irá entender uma longa explicação .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 14:07


1 comentário

De jodie a 07.02.2015 às 13:35

I miss you 

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes