Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



De Dentro de Mim

Segunda-feira, 16.03.15

10606607_720799381335176_148649037486473213_n.jpg

 

O Meu Mundo cerra-se para lá do espaço que protege a minha vida particular. Um espaço meu , que abro a poucos e onde poucos encontram aquilo que realmente sou , eu mesmo. Fecho o meu mundo à curiosidade indiscreta de quantos ousam penetrar sem convite. Aquilo que sou , longe dos afazeres profissionais , concentra-se entre as paredes sólidas da minha casa. O meu mundo está fechado a visitantes inesperados , não aceito turismo dentro daquilo que é o mais puro de mim . Dou-me a quem eu acho que sabe merecer essa doação e fujo das mãos que procuram apenas e só aprisionar. Pertenço-me e pertenço a quem quero , a quem me sinto igual , a quem amo , a quem procuro acolher nos meus braços . Fecho-me a quem não faz parte de mim . Cada dia mais , cerro a minha porta , protejo-me , deixo de lado o que me pode magoar , ferir ou apenas só cansar. O meu mundo interior pertence a quem dele compartilha numa comunhão que se sente e transcende para lá do que é humanamente tangível. Tenho em mim uma força que partilho , ofereço e entrego a quem de verdade faz parte do todo que sou. E sou tantos , que eu mesmo me divirto contando os quantos de mim que dou ao mundo. O homem que gosta de politica , o que escreve , o que gere negócios , o que amam , o que odeiam , o que temem e o que bajulam. Sou ainda o menino travesso , o homem sisudo , o homem do sorriso fácil , aquele que estende a mão , ou que dá a resposta cortantemente inesperada. Quantos sou de mim mesmo? Muitos , digo para mim mesmo e todos tão diferentes , dividindo o todo que os aglomera numa mesma alma. Mas esses eu ofereço ao mundo , partilho e compartilho , com secreto prazer de um louco que vê multiplicar a sua obra. Mas aquilo que eu sou , o ponto certo de mim mesmo , a alma das almas que mostro , o que eu sou , não permite que ninguém chegue sem ser chamado. Não permite que se apossem , que tomem , que preencham um espaço que não lhes cabe . O que sou , fica protegido para lá da minha porta , no meu mundo privado , onde eu sou apenas eu , lavado das imposições do mundo. Onde posso ser de novo criança , posso ser homem , posso amar e ser amado , posso ser o que sou , onde me permito tirar a máscara. Aquilo que sou , fica e ficará sempre do lado de dentro da minha porta. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 19:34


2 comentários

De Lorena a 17.03.2015 às 10:08

Andas muito introspectivo amigo. Deve ser da Quaresma. Beijo

De Paulo Ribeiro a 17.03.2015 às 10:35

Bom dia , meu filho


Todos temos um mundo só nosso que abrimos a poucos.
Uma muralha que se ergue e nos protege de quem não merece privar connosco.
A vida é feita disso mesmo , de entregas e de rejeições.
Boa reunião , tudo a correr bem.

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes