Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Gonçalo , Obrigado.

Sexta-feira, 26.06.15

Gonçalo 2014.jpg

 A pedido de amigos que não têm Faceboock activo ou que preferem o blog por razões pessoais , trago para aqui o texto que ontem coloquei no Faceboock do Gonçalo. Escusado será dizer que logo serei assassinado por um daqueles olhares fulminantes do dono deste blog , que já ameaçou que se alguém voltasse a colocar aqui alguma "baboseira", palavras dele , mudaria a pass. Mas por agora que ainda é a mesma , aqui fica o texto. Cumprimentos a todos.

Mário Coelho.

Hoje quero deixar uma homenagem a um grande amigo. Todas as pessoas por certo devem imaginar que o mundo de quem como este meu amigo se desdobra em afazeres e na sua própria saúde fragilizada não é um mundo fácil. Ser maçom infelizmente não garante felicidade e muito menos facilidade. No mundo mais ou menos restrito das pessoas que têm e podem alguma coisa é raro encontrar quem não esteja contaminado. As pessoas deixam-se contaminar pela vaidade que as desumaniza. De todas essas pessoas com quem diariamente lido , poucas são as que são gente de verdade. Mas este senhor , é. Sempre o conheci jovial , amigo , de sorriso no rosto, mas também claro , firme e sobretudo humano. Não é fácil descrever alguém que se distancia da mediania , que sabe ser gente , gente de verdade. Um homem que toca a sua vida em frente e que apesar do muito trabalho , sempre encontra um tempo para os amigos. Um homem que não lhe faltando nada , lhe falta muita coisa , porque saúde é um bem que não tem preço. Um guerreiro que agarrou a sua vida pelos “cornos” e com a pujança de quem faz uma faena admirável, ouviu os olés de quem com ele festeja as suas vitórias. Um homem de olhar de menino e de sorriso aberto, com a rectidão de quem teve um berço exemplar e nesse mesmo berço recebeu valores e princípios. Um homem firme , digno , perseverante , que sabe o que quer e luta para o obter. Um homem que me abriu os braços, a alma e o coração e me ajudou quando mais precisei. Quando enredado nas manhas de alguém sem escrúpulos e sem valores , vi a minha vida desmoronar a todos os níveis. Hoje não é dia do amigo, nem do abraço , nem dessas coisas ridículas que se inventam , hoje , porque faz anos que uma tragédia me enlutou a vida e sempre em ti encontrei o riso , a brincadeira , o abraço apertado e a palavra mais certa, hoje quis agradecer a tua presença de paz e de amparo na minha vida. Quando leres , dir-me-ás que não gostas de exposições e eu dir-te-ei aquilo que sempre te digo , quando me contradizes : - Não sejas parvo , moço!! Porque as homenagens devem ser para quem as merece e nesta hora da noite em que a recordação de mais um ano sobre algo que me doeu profundamente , não me deixa dormir , decidi deixar-te esta homenagem enquanto dormes o sono dos justos. Penso eu… Para ilustrar deixo a tua foto com a Daniela que é a que tenho no telemóvel , se reclamarem muito , eu coloco duas. Obrigado meu amigo, de todo o coração.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 01:21


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds