Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Parede Branca

Quarta-feira, 20.08.14


Às vezes sinto-me assim , parede branca ... Sinto-me transparente como se os olhos vissem para além de mim . Sinto-me cada vez mais , perdido , a um mundo que já não conheço , onde as pessoas há muito perderam a noção do que é realmente gostar de alguém , ser amigo , sobretudo ser sincero. Não tenho mais paciência para joguinhos de bastidores, para criancices ou simplesmente para aturar a mediania. Sinto falta de pessoas com as quais cresci , pessoas que não mudavam de opinião como se muda de camisa. Detesto a hipocrisia social , quando as palavras de amizade se tornaram vãs e são ditas em troca de favores. Detesto esta geração sem princípios onde vale tudo para conseguir o que se quer. Estou cansado de ter que adivinhar o que os outros sentem , de ficar à mercê de diferentes humores e de ter paciência para aturar tudo isso . Estou farto de tanta sujeira, de chafurdar nessa lama. Geralmente ouço as frases : - " Gosto muito de ti , preocupo-me muito contigo , quero o melhor para ti ..." Sinceramente vão dar uma curva . Quem gosta , quem se preocupa , procede com dignidade . Estou tão farto de hipocrisias, que corro o risco de não acreditar em quem é sincero. Sinto-me assim , uma parede branca , por onde deslizam como água as mentiras , as hipocrisias , as meias verdades, tudo o que não quero para mim . E sinto-me cada vez mais só , num mundo que de forma alguma tem a minha medida .

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 10:33


8 comentários

De Paulo Branco a 20.08.2014 às 12:43

Boa tarde amigo ... Não desmaies sou mesmo eu . Sempre passo por aqui e leio os teus posts , a tua escrita é um vicio para mim . Mas hoje resolvi comentar , porque o teu texto me tocou fundo. Tu és um dos meus maiores amigos, um amigo que conservo desde a infância, e com quem aprendi muito. Estiveste comigo nas horas boas e foram muitas e também nas horas más , que não sendo muitas , foram devastadoras. De ti ouvi os piores sermões da minha vida e também ouvi as palavras de maior carinho e alento. Todos nós temos na vida pessoas falsas , mas sabes , dada a tua posição tu não precisas de fazer "fretes" , então se é falso , joga fora . Não vale a pena andar por ai a aturar gente que não vale a água que bebe. Sai disso , há pessoas que não merecem nada , é literalmente atirar pérolas a porcos. Segue o teu caminho com a tua família , com os amigos sinceros e verdadeiros que tens e deixa para lá o que não te faz bem . Sinceramente não tens que levar com isso , és sonhador em excesso e amigo demais , crédulo demais e bom demais . Este mundinho não merece isso . Já falamos , de seguida . Um abraço 

De Pedro P. C . a 20.08.2014 às 14:16

Caríssimo , nem com varinha mágica o mundo voltará a ser o que um dia foi . O fio de barba deixou de ter valor e a honra é algo de que alguns ouviram falar vagamente . A vida é assim , não te canses a mudar certas pessoas . A caravana passa...

De Zé Povinho a 20.08.2014 às 14:43

Há muito que eu não passava aqui , sentiu falta de mim Dr.? Li o texto , achei interessante e típico dos problemas dos ricos . O rico preocupa-se se o amigo é sincero , o pobre quer saber se o amigo tem dinheiro para emprestar . O rico preocupa-se em que a amizade seja sincera , o pobre afoga as mágoas no vinho . Sabe Dr. , não desmerecendo as suas palavras e as suas preocupações , se o senhor tivesse que contar os cêntimos para pagar a luz , queria  lá saber se o amigo sorri com sinceridade ou não . Até porque o pobre não tem esse problema , ninguém dá graxa a um pobre , ninguém jura amizade a um pobre , porque o pobre não pode meter cunhas . Deixo aqui uma musiquita que o stor fará o favor de ouvir no Youtube e que diz claramente a diferença entre o sr e eu .
http://youtu.be/BFMeLBntoKE

De Gonçalo de Assis a 20.08.2014 às 19:40

Boa tarde
Geralmente não respondo a comentários , mas se há algo que tenho de sobra é sentido de humor. Ainda que eu discorde do seu comentário , porque não acredito que as pessoas com menos poder financeiro não se preocupem com sentimentos . Ser mais rico ou menos rico não interfere nos sentimentos , nem na forma como os sentimos . A vida não se resume a dinheiro . Quanto ao vídeo , já assisti e gostei , adoro e apoio a cultura popular. Cumprimentos

De sandrinha a 20.08.2014 às 19:34

Nossa!que coisa heim!não sei se comento agora sobre a postagem ou sobre o comentário acima..mais está parecendo com aquele pobre que deu a parecer que o Deus do pobre não é o mesmo do rico...será?eu cada vez mais me assombro com tudo que vejo...sou pobre também...e muitas vezes tive que contar as moedinhas para pagar a luz quando o meu esposo estava desempregado...e aqui em casa pago a internet porque faço uma vaquinha como se diz o pobre e me ajudam a pagar!rsrs!e o que mais prezo é a SINCERIDADE de uma amigo ou amigo...a lealdade...para mim não tem dinheiro no mundo que pagaria isto!por isto entendo perfeitamente como se sente Gonçalo...cada dia me decepciono mais...realmente estão perdendo a noção do que é ser amigo..gostar de alguém...compartilhar.de gente que  diz nos desejar o melhor...mas na hora do vamos ver..nos deixa o pior.
Aí!tem certas coisas que doí no coração e se espalha pela alma.
pelas paredes brancas...
mas não fique triste...quem perde sempre é quem não sabe o valor que existe em uma amizade verdadeira.
SIM ACREDITO!
e quem tem a minha tem tudo!


Me desculpe ter comentado sobre o comentário acima...mais sinceramente não consigo ver uma colocação feita errada e ficar quieta!
Mas cada um cada um!e este é o meu pensamento.

De Gonçalo de Assis a 20.08.2014 às 19:44

Obrigado minha querida , concordo com você. Beijo com carinho.

De Sandrinha a 21.08.2014 às 14:11

Que nada amigo...só falei como me sinto...
acabei de postar um texto que fala também um pouco disto.


http://umcoracaoalado.blogspot.com.br/2014/08/tenho-me-afastado-das-pessoas-aos-poucos.html



Um abraço com carinho!

De valquiria a 21.08.2014 às 15:33

Boa tarde Gonçalo!!Li seu texto e os comentários de seus amigos(a) e um leitor.!Primeiramente irei  comentar sobre seu textoSe analisarmos bem,passamos grande parte da vida entre quatro paredes.Diante de nossos olhos a parede branca,nela queremos nuances,estes nuances e a paz,amor,sinceridade,familia e amigos(sinceros).Quando nos deparamos com uma parede branca,ficamos indignados.Esperamos sempre amigos ou pessoas sinceras ao nosso lado.Procuramos viver bem neste mundo imperfeito.Quanto mais focarmos nos amigos não sinceros,cada vez vai crescer a força  deste amigo.nem sei podemos chama-lo de amigos..Infelizmente podemos mudar pouquíssima coisas em algumas pessoas.Sobre os comentarios.Entrar e ler seus texto e ler lindos comentarios simceros de amigos(a) me deixa feliz,porque sentimos o carinho e o respeito que todos sentem por você e você sentem por eles.Comentario do leitor(Ze povinho)Fico indignada e triste quando me deparo com comentarios indelicados.Faz comparações sem noção,sentimentos nao mudam porque é rico  ou pobre.Amizades são amizades e levam um lindo sentimento.Deixo para todos o importante e aproveitar as boas épocas da vida em você passar,porque fica sempre é o aprendizado e as boas histórias
Beijos com carinho


Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes