Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Razão sem razões

Terça-feira, 15.04.14

 

 Muitas vezes questiono , o que leva cada um de nós a decidir que quer viver para sempre com uma outra pessoa. Podemos fazer uma lista do que mais gostamos nos outros , mas isso não resolve nada . A chave de tudo é um gesto , uma palavra , uma frase que nos toca a alma, algo que de repente faz um clik na alma e fecha um ciclo. Cada um de nós tem uma maneira diferente , um motivo completamente só seu para se apaixonar. Claro que amar não é sinónimo de uma vida eternamente idilica , por muito que se ame , haverá discussões , desentendimentos , mas ambos sabem que nunca se vão separar. Porque amar , é sentir uma necessidade imensa da presença do outro na nossa vida . Tudo o que o outro faz nos encanta , amor é um estado de hipnose da própria alma . É como se a imagem do outro ficasse tatuada indelevelmente na nossa vida . Para sempre . O que de facto importa é o amor , não a sua origem . Penso que o que une primeiro dois seres , é a intuição . Algumas vezes basta um gesto que nos ofereça segurança . Uma palavra , um gesto , um momento que se torna eterno , um qualquer segundo que durará a vida toda .

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escrito por Gonçalo de Assis às 22:02


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  



comentários recentes



subscrever feeds